quarta-feira, 25 de junho de 2008

Bandolins à Francesa

A platéia pelotense terá a oportunidade de conferir hoje à noite a singularidade e o refinamento musical de Melonious Quartet, em única apresentação no Estado. O grupo de cordas francês é reconhecido internacionalmente por ser o criador da Frente de Libertação do Bandolim. Através de performances inusitadas, o movimento liderado pelo quarteto tem por objetivo a renovação e a difusão do instrumento, que surgiu na Itália do século 16 e por aqui combinou-se com o cavaquinho, a flauta e o violão para dar origem a um dos ritmos brasileiros mais populares: o choro.


"É um espetáculo bem humorado", diz Christophe Benest, membro da Embaixada Francesa no Brasil e diretor da escola Aliança Francesa em Porto Alegre, que juntamente com o Sesc Pelotas é responsável por fazer a turnê - que já passou por vários Estados do País - chegar até aqui. "Eles brincam com o instrumento, fazem coisas que um músico convencional normalmente não faria", explica.

Com a intenção declarada de fugir das convenções, eles fogem mesmo, garante a crítica especializada. O espetáculo tem "um não-sei-que de sutileza, de inédito e de terrivelmente tônico", chegou a publicar o jornal belga Vers I'Avenir.

Seja pelo uso de instrumentos modernos - criações da fabricação contemporânea de aparelhos de corda - ou pelas inusitadas combinações de escolas musicais eruditas e folclóricas, a originalidade é uma das principais características que traduzem o espírito do grupo. Sem perder a classe, o repertório mistura tendências que vão da inventividade do compositor americano Frank Zappa (1899-1963) ao estilo popular francês do pianista Francis Poulenc (1899-1963). Em meio à diversidade não faltam as bossas da MPB, onde o bandolim chegou e se sentiu em casa.

A apresentação ocorre no Conservatório de Música da Universidade Federal de Pelotas e tem entrada franca. O concerto é uma promoção da Aliança Francesa de Porto Alegre em parceria com o Serviço Social do Comércio (Sesc) e faz parte do calendário de atrações do projeto Sesc Música no município.


Prestigie!

O quê: Melonious Quartet
Quando: Hoje (quarta-feira, 25), às 20h
Onde: No Conservatório de Música da UFPel (rua Félix da Cunha, 651)
Ingressos: São gratuitos, mas devem ser retirados antecipadamente no Sesc (rua Gonçalves Chaves, 914), das 8h às 19h30.


Texto: Bianca Zanella | Foto: Divulgação | Extraído de: Jornal Diário Popular / Caderno Zoom / Página 4 | Publicado em: Pelotas, Quarta-feira, 25 de junho de 2008

3 comentários:

isa disse...

parabens pelo texto, bianca!
o espetáculo foi verdadeiramente lindíssimo, uma maravilha!
obrigada pelo apoio!
beijos!

Bianca Zanella Ribeiro disse...

Vou tomar a liberdade - se é que posso - de comentar no meu próprio blog. É que não se trata de um comentário sobre a matéria, e sim sobre o assunto do qual ela trata.
A apresentação do Melonious Quartet proporcionou a mim - e acredito que também a todos os outros que a assistiram - uma experiência estética incrível. A bordo dos bandolins, o quarteto francês viajou pelos ares na geografia e na história da música. Foram do folclore de Paris ao choro do Rio de Janeiro, com escalas no jazz dos Estados Unidos e em tantos outros lugares. Nas melodias de cada época, características de cada lugar, reinventavam o mesmo instrumento, que assumia sons peculiares a cada interpretação. Como os próprios músicos disseram, tocaram música popular como se fosse erudita, e a recíproca. Foi brilhante!
E bem humorado, sim. E impossível não deixar de notar: tocaram música brasileira como falam português: bem temperado ao sotaque francês, e um tanto quanto "duros". Talvez lhes falte aquela ginga natural necessária para interpretar Chiquinha Gonzaga e Pixinguinha, mas até aí se sairam bem, digamos, à francesa...
Ao final, foram aclamados por mais de 150 espectadores que aplaudiram calorosamente o emocionante espetáculo.
Mais uma bela iniciativa do Sesc Pelotas.
Merci!

Bianca Zanella Ribeiro disse...

Mais comentários sobre esse espetáculo no blog da Isabel Nogueira
http://taurusetcancer.blogspot.com/2008/06/melonious-quartet.html